21 de out de 2005

Sobre o referendo...

Não iria falar nada sobre isso, mas achei esse texto aqui na net e resolvi postá-lo:

"18 motivos pra votar SIM:

1. Descobri que a chance de se sair bem ao reagir a um assalto é de uma em 288.345.774.324.500. As estatísticas provam que nos outros
288.345.774.324.499 casos, a vítima que reagiu morreu.

2. Descobri que a arma legal alimenta os bandidos. Todas aquelas AR-15, AK-47, granadas e bazucas que os traficantes do Rio usam foram roubadas de cidadãos honestos que compraram as armas legalmente. Da minha casa mesmo, por exemplo, ano passado roubaram quatro mísseis stinger.

3. Descobri que todos os pais que têm armas de fogo costumam deixá-las carregadas e engatilhadas em cima do sofá da sala. Por isso que 94 milhões de crianças brasileiras morrem brincando com armas de fogo todos os anos.

4. Descobri que todos os assaltantes de casa têm superpoderes. Eles atravessam portas e paredes e se materializam imediatamente na sua frente e apontam uma arma para a sua cabeça enquanto você ainda está deitado, tornando impossível qualquer reação. Eles não perdem tempo e não fazem barulho arrombando portas.

5. Descobri que se eu vir ou ouvir algum bandido pulando a cerca e entrando no meu quintal, eu não vou conseguir afugentá-lo com um tiro para cima ou para o chão. Se ele ouvir o tiro, aí sim, é que ele vai ficar excitado e vai querer de toda forma entrar em casa e trocar tiros comigos. Eles adoram fazer isso.

6. Descobri que tudo o que falta para o Brasil ser um estupendo sucesso é que todos os brasileiros parem de pensar e comecem a agir da forma politicamente correta. Essa estória de pensar muito é estressante. E como sabemos, o estresse é o que transforma um cidadão honesto num criminoso celerado.Veja só a guerra quando querem tirar o ponto do dono de uma vendinha na favela.

7. Descobri que delegados e policiais civis, militares e federais - que são em quase totalidade favoráveis ao NAO - não entendem N-A-D-A de violência e criminalidade. Quem manja mesmo do assunto são atores, sociólogos, teólogos e dirigentes de ONGs internacionais.

8. Descobri que estrangeiros que lideram ONGs como a Viva-Rio têm muita experiência no assunto. Afinal, todo mundo sabe que a situação social, econômica e de criminalidade da França, Inglaterra e Estados Unidos (que é de onde eles vêm) é IGUALZINHA à realidade do Brasil. Não tenho a menor dúvida de que as teorias que eles têm vão funcionar direitinho aqui.

9. Descobri que 90% dos casos de homicídios são cometidos pelos chamados cidadãos de bem. Claro que isso é só dos homicídios ESCLARECIDOS, que são menos de 5% dos casos. Mas pela lógica, os outros 95% dos homicídios, que não são esclarecidos, também deve ter sido cometidos pelos cidadãos de bem.

10. Descobri que o governo quer que a gente vote sim. E o governo sempre pensa no nosso bem. Afinal, todo mundo sabe que a qualidade da saúde pública, ensino público, segurança pública, e etc vem melhorando cada vez mais, dia a dia.

11. Descobri que se o SIM ganhar, não vão mais acontecer mortes banais. Maridos ciumentos só vão agredir as mulheres com travesseiros, torcidas organizadas vão se dar as mãos, facas e canivetes vão perder o fio, tijolos e paus vão ficar macios e os pitboys vão todos se converter ao budismo.

12. Que todos os artistas e milionários já combinaram, para o dia seguinte da vitória do SIM, o desarmamento de seus seguranças, que foi proposto pela família Marinho, dona de O Globo.

13. Descobri que o jovem é a principal vítima da arma de fogo. Claro que isso não tem nada a ver com o fato de o jovem ser o maior usuário de drogas, e nem o fato de que quase 100% dos envolvidos no tráfico de drogas têm menos de 30 anos (porque morrem ou são presos antes). Isso é só coincidência.

14. Descobri que todo mundo que tem arma de fogo é um suicida em potencial. E a única causa do suicídio é a arma de fogo, e não a falta de perspectivas, falta de um ideal, falta de um sonho a buscar ou então distúrbios mentais como a depressão. E é óbvio que um tiro nas idéias é fácil, brabo é encarar um vidro de Lexotan.

15. Descobri que se algum bandido invadir a minha casa, basta eu ligar para o 190. A polícia sempre tem homens e viaturas sobrando e levará menos de 3 minutos para me atender.

16. Caso isso não aconteça, basta eu fazer o sinalzinho do "sou da paz" com as mãos e o ladrão vai saber que eu sou um sujeito legal, e então ele vai embora em paz sem levar nada e sem violência nenhuma. Eles sempre agem assim quando descobrem que você é da paz, e não um daqueles psicopatas malvados que são a favor do NÃO.

17. Caso o ladrão seja muito, mas muito malvadão, eu só preciso gritar por socorro. Em cinco segundos vão aparecer a Fernanda Montenegro, a Maitê Proença, a Xuxa, o Felipe Dylon e o Jatobá para me salvar e prender o bandido. Sem usar armas. E o Waltinho Salles vai registrar tudo em filme e finalmente ganhar um Oscar.

18. Que o que realmente vai deter os criminosos é a próxima passeata pela paz na Avenida Atlântica."

2 Comments:

At 2:53 PM, Blogger s1møne said...

Não ia postar nada sobre o referendo, mas enfim... não resisti.

Vou votar pela proibição do comércio de armas porque estou cansada de pagar imposto para não ter segurança de volta. Não basta ter que pagar previdência privada, seguro saúde privado, educação privada? Terei que contratar seguranças particulares? Logo eu, uma cidadã comum?

Segurança pública é dever do Estado e devemos cobrar isso. Não podemos esquecer que esta nossa cultura armamentista vem lá da República Velha quando o Estado encheu os coronéis nordestinos de armas e disse que era para eles se virarem porque o Estado não tinha condições de cuidar de sua segurança. Acostumamos a nos virar sozinhos. Mas chega! Isso está ficando muito caro!

Outro ponto: Lendo esta mensagem, lembrei do Sivuca num debate acalorado sobre o referendo. Que figura este homem! Se os níveis de violência no país baixassem ao nível dos da Suécia, por exemplo, o que seria dele e dos outros? O que seria da indústria do medo neste país? Adoraria que fossem todos à falência e começassem a investir mais na evolução do ser humano e menos na destruição dele.

[]s e boa sorte!

 
At 3:01 PM, Blogger Gustavo Cardoso said...

Simone... concordo com seus comentários:

"O que seria da indústria do medo neste país? Adoraria que fossem todos à falência e começassem a investir mais na evolução do ser humano e menos na destruição dele."

Tb penso assim.... por mim iriam todos a falência com certeza. Mas creio que esse referendo não ajuda em nada, é em vão. acho que o governo poderia tentar outras maneiras de resolver a questão de bandidos e violência e por aí vai. Isso é apenas uma maneira de desviar os olhos e a atenção do povo pra coisas mais graves que está acontecendo na política desse país!!!

Boa sorte pra nós!!!!

 

Postar um comentário

<< Home