29 de nov de 2004

Linux - Progresso 1

Bom, muitos irão rir e achar ridículo demais, mas consegui fazer meu drive de disquete gravar. Como tinha dito, antes ele só montava com permissão de leitura... gravação nada!
Tudo bem, é pouca coisa, mas eu to tentando... convenhamos que para um usuário de Windows a coisa não é tão simples assim no Linux.

Mas a vida continua...

Fiquei sabendo na sexta-feira (26/11/2004) que um conhecido meu se matou. Ele morava em uma cidade aqui do lado de Bauru chamada Agudos (15km daqui). Ele tb tocava bateria e era muito bom no que fazia. Um cara quieto demais, muito fechado. Estava sempre nos shows e só falava o necessário. Se enforcou no banheiro da casa dele e foi encontrado pelo irmão.
Jamais pude imaginar que isso passaria pela cabeça dele, ou que já estava passando há algum tempo. As vezes as pessoas precisam de alguma ajuda e não pedem e cabe a nós descubrirmos e dar essa ajuda. Não falo de ficar tentando investigar a vida da pessoa e ver do que e pq ela está sofrendo... falo de coisas simples como um aperto de mão, um abraço, uma palavra de amizade.
As vezes um sorriso pode salvar uma vida!!!

Rascunho... descanse em paz meu amigo!!!

1 Comments:

At 10:16 AM, Anonymous Anônimo said...

Pô, Gustavo, lamento pelo seu amigo.

Mas há que se considerar que se o cara não falava, não pedia ajuda, é porque não queria. A vontade individual é a coisa mais importante que a gente tem, e teu amigo exerceu a dele.

Agora, você passa a ter razão se ao invés de ir lá e se matar sem mais nem menos, ele tiver dado sinais de que precisava de ajuda, e as pessoas que o rodeavam não perceberam. Aí a coisa muda de figura, pois somos ensinados a esconder os sentimentos, principalmente os de fragilidade e medo.

Carpe Diem!

Janio
http://freakers.org/janio

 

Postar um comentário

<< Home